Eu, Santa Sara e o Povo Cigano

Dia 24 de Maio, comemora-se Dia de Santa Sara Kali, a mais venerada santa para os ciganos.

santa sara

Muitas pessoas, ciganos ou não, independente de religião, louvam Santa Sara e o Povo Cigano neste dia.

Umbandistas, alguns candonblecistas,  ciganos, esotéricos, inclusive pessoas que não adotam religião alguma, mas nutrem forte admiração por esta energia, ou já obtiveram grandes graças. Uns louvam para fazer pedidos dos mais diversos, dentre eles emprego, dinheiro, saúde, gravidez, prosperidade, guarda, proteção, outros, além dos pedidos, para agradecer e dar prosseguimento a compromissos assumidos com a Espiritualidade, com as entidades ciganas que à Terra vêm cumprir sua missão junto a seus pupilos. São aquelas pessoas que em um determinado momento da vida encontram essas entidades espirituais, são preparadas e iniciam seus trabalhos, sua ciência junto a eles aqui neste plano físico.

caravan-1147978_1920

Vale ressaltar que essas entidades em nada tem a ver com as entidades de Umbanda chamadas Pomba Giras (bombojiras), exus que têm seu importante papel dentro de casas de culto e alguns adeptos de religiões de matrizes africanas, com a função de guardar, defender, proteger, dentre outras coisas, as porteiras dos Terreiros, Centros de Umbanda e os caminhos de quem tem essas entidades como guias e guardiães. Existe sim bombojira Cigana, que é um Exu catiço, isso pode, mas não implica que uma entidade cigana seja exu. Sua forma de culto é completamente diferente. Há sacerdotes que fazem o culto dessas energias em conjunto mas eu discordo, minha opinião claro.

Cada um tem sua história de vida com as entidades ciganas, sua experiência, mas posso falar da minha.

10629697_821265641240430_2397665114981323750_n

Sanssouci Schloss, Deutschland

 

Há 21 anos, portanto, no ano de 1996, por ter um grande apreço e admiração pelos ciganos, comprei uma boneca (que tenho até hoje) e montei um altar cigano, simples, com o que eu sentia que deveria ter. Orava, confiava, pedia.

Cigana Lara

Oito anos depois, em 2004, estava eu em uma papelaria e loja esotérica que ainda existe, em um shopping de minha terra natal, Manaus,    vendo incensos e pretendia escolher um, quando ao meu lado avistei uma senhora perfumada, bonita, expressões firmes,  simpática. Achei que era alguma cigana contratada pela loja para atender os clientes, ou algo similar.

mosaic-60610_1920

De meio sorriso, dirigiu-se à mim e aconselhou-me: - Leve o incenso “x”

Eu pensei: – Mas quem é ela para se intrometer no meu gosto?, Eu levo o incenso que quiser.

Ela redarguiu: – Não precisa responder assim, leve-o! Estou te dizendo.

Eu, óbvio, achando estranho aquela mulher que leu meus pensamentos, comecei a perceber que ninguém a via, e identifiquei algo “no ar”. Agradeci e continuei olhando maravilhado com os cristais, incensos, essências, oráculos, percebendo que neste mesmo tempo, ela sumiu por dentre as prateleiras da loja.

O que fiz com o incenso recomendado? comprei claro !

incense-1961430_1920

Chegando em minha casa, fui ao meu quarto, acendi o incenso, senti uma satisfação acima do normal, uma alegria equilibrada, porém muito forte e perdi a consciência.

Quando recobrei os sentidos, minha mãe, que estava presente, transmitiu-me os recados, do compromisso que eu tinha com entidades ciganas, com a cartomancia e que era ela quem iria liderar a condução desta minha profissão.

at-the-fortune-tellers-884115_1920

Deu mais algumas orientações para o ritual da “Mesa Cigana” que eu iniciaria no ano seguinte (2005), onde louvo, agradeço e faço meus pedidos às entidades ciganas com que trabalho.

cornucopia-1789664_1920

De lá para cá trago esse compromisso com essas entidades amigas, irmãs, companheiras. A maioria das práticas que realizo aprendi com as próprias entidades, agregados a práticas mágicas adquiridas ao longo da minha vida. O ritual da “Mesa Cigana” é simples e movimentador de vigorosas energias, muito mais do que imaginava logo no início.

Muito tenho aprendido, pessoas encontrei e que foram colocadas no meu caminho, inclusive um querido cigano, encarnado, que muito me ensinou. Perdi contato mas trago ele em minhas lembranças e sempre gratidão.

2017, doze anos de Mesa Cigana e parece que foi ontem !

É um contato pessoal onde cada um percebe de maneira peculiar e essa troca de carinho, dessa amizade se expressa em muitos momentos de nossas vidas
Gostaria de compartilhar um vídeo que assisti há muitos anos e expressa, para mim, a excelência da energia, da Vida, da alegria que pulsa na dança que tanto amo e em especial hoje a dança cigana. A artista e dançarina é Kátia Senatori . Na época fiz questão de deixar uma mensagem de tão emocionado que fiquei e hoje, assistindo novamente, não fugiu à regra ! Que esta alegria chegue até você !
Que este dia, onde muitos se movimentam louvando Santa Sara e uma grande legião de entidades espirituais, proporcione as devidas benesses, a fim de atender às nossas necessidades físicas e espirituais, onde mais verdadeiramente necessitarmos.

mar buzios

foto: Búzios-RJ. Tato Cunha

Thie Aves Thiatlô Lom, Manrô Tai Sunkai !

Que você seja abençoado com o sal, com o pão e com o ouro !

atualizado em: 20/05/2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>