O Urso e o Cão

Como o urso que possui um excelente faro e o utiliza a contento, o convite é para utilizarmos nossas percepções pessoais, os recursos próprios a fim de promover equilíbrio, sucesso, satisfação e crescimento.

O urso protege os seus, defende com vigor e buscar essa proteção é essencial para caminharmos a passos mais firmes, nos livrando das garras de muitos seres que, infelizes, ocupam-se em querer infelicitar outros em seu derredor, a fim de atingir unicamente seus objetivos. Dependendo do contexto o urso fere, agride, sufoca e até mata. 

Calar-se por vezes é necessário. Projetos, ideais, sonhos, despertam em corações invejosos e egoístas energias inúteis para o nosso viver. Defendermo-nos de tais energias pelo silêncio e práticas enobrecedoras é o convite. 

Com o cão, esse animal de nobreza como companheiro do homem, fiel, defensor, a mensagem que nos chega é de proteção, de percebermos ao nosso lado um coração que sempre está pronto a nos auxiliar, seja deste ou de outro mundo. Podendo ser um amigo, amiga, namorado, namorada, esposo ou esposa. Entrar nessa sintonia, harmonizar-mo-nos com ela, partindo primeiramente de nós mesmos o SER, ensejando a consequência do TER, pois as relações são vias de mão dupla. Eu preciso enviar para receber e/ou fomentar essa troca que jamais cessa se realizada na emoção e honestidade.


Momento de percepções, de buscar proteção ( ou aceitá-la!) para encontrarmos êxito em nossos objetivos pautados para nossas existências.

Vivermos o urso amigo nos exercita sermos melhores seres, defendendo-nos de nós mesmos e daqueles outros que, na retaguarda, nos observam infelizes, envoltos na própria perturbação.

O universo nos indica que alguém vela por nós, vamos sintonizar ?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>